Você conseguiu atingir o equilíbrio?

Uma metáfora da viagem ao Pará!

Toda boa história começa com “Era uma vez…”; e esta traz esse sentimento. Um dia Deus se utilizou das palavras de uma missionária, uma Gigante que pregava a Bíblia. Então o que ela falava era a Palavra de Deus!
Naquele dia dois rapazes, responsáveis pelas vidas de quase duas centenas de ovelhas e de tantas outras que passeiam descompromissadamente no pasto em que vivem, foram tocados e levar algumas ovelhas a ver o que Deus estava criando e transformando longe dali.
Mais de 3000Km voaram, tomados pelas mãos por anjos do Senhor, e chegaram numa terra úmida, verde e tão diferente das terras em que vivem.
Estiveram por 10 dias com Gigantes daquele local, não pela estatura mas pelo tamanho do coração. Viram Deus mexendo nas peças do tabuleiro, e acabaram sendo colocados estrategicamente no tabuleiro e também por Deus foram usados.
Amigos fizeram: Lucke, Chuchu, Madson, Ednélia, Popopo, Maré, Massa, Açaí, Casio, Mariana, Churras, Fartura, etc. Foram amigos de centenas, demonstraram amor e cada uma das ovelhas trouxe na bagagem uma história.
Voltaram, voando, cruzando o caminho da Matinta Pereira. Voltaram novamente cuidados pelos anjos do Senhor. E de volta ao pasto de origem, com certeza têm muita coisa para transformar e concretizar.
Vamos! Coragem! Ação!
Que tal começar contando um pouco do que trouxeram na bagagem, além de farinha de tapioca e badulaques?

Ser completo como Jesus.

Quando mergulhamos nos evangelhos, precisamos deixar de sermos simplistas para entender que muito além de uma biografia, os evangelhos tratam de CRISTOLOGIA.
Assim, o que Cristo fez, a Igreja precisa dar continuidade.
O que Cristo é, a Igreja precisa dar testemunho.
Lendo Mateus para o GRUPOM de 28/07, fui motivado a compartilhar com vocês sobre os capítulos 14 e 15.
Por que duas Multiplicações?
Porque em uma a preocupação é com a Casa de Israel, a outra com os de fora. Com os da casa de Israel a espiritualidade está em questão, com os de fora está a necessidade física (fome).Em ambos os discípulos são convidados por Cristo para agirem, mas é necessário entender que é Cristo quem percebe as necessidades (se espiritual ou física).
Mas há um gesto, elevar o pão aos céus, dar graças e então alimentar o povo. O Sacramento da Ceia, que celebra a comunhão tem esse importante papel: evidenciar e apontar a satisfação espiritual e física.
Assim, se celebramos a união com Cristo e sua presença real aqui, passamos como Igreja a ter o dever de olhar como Cristo olha e atender ao seu convite: matar a fome espiritual e física.
Precisamos ser completos como Cristo. Alcançar corações, edificando com o evangelho e atendendo as necessidades do próximo, para que este seja receptivo com a Palavra.
Igreja! Seja completa como Jesus.

Você acredita que pode influenciar a sua geração?

O Evangelho de Mateus: A religiosidade não pode voltar!

A Leitura do Evangelho de Mateus, a qual eu convido você que faça e venha conosco refletir no dia 14 de Julho de 2012 às 16h, na IPSBO, o levará a confrontar sua prática religiosa.
Será ela um modo de vida, o “modus vivendi”; ou uma regra de barganha, um “modus operandi”, que quando não é alcançado, Deus se torna um vingador e nos corta do livro da vida?
Abra o olho! O nosso Deus é o Deus da Graça. Ele não exige nada de você para te abençoar, no entanto ao obedecê-lo e ser fiel a ele você experimenta uma outra realidade. Você passa a reconhecer suas mãos a guiar, a prover, a sustentar, a dar tudo a você e ainda: Você é um instrumento de Conexão entre as pessoas e o Cristo.
É sobre o Cristo e seus ensinos que o Ev.de Mateus fala, inclusive desmascarando o “modus operandi” hipócrita da religiosidade, e nos convidando a um “modus vivendi” de sinceridade e prática operosa, onde dividir não é apenas uma dádiva, nem só uma obrigação, é o resultado de entendermos a Graça. A estes será dito: “Vinde, benditos de meu Pai!” Mt25.34 Mateus -Boa Leitura!Baixe aqui seu guia de estudos-

Viver o Reino já é um desafio ou uma impossibilidade?

A Manifestação da Graça em Nós!

Tenho ficado indignado a cada dia com a Igreja e sua irrelevância no sentido bíblico.
Ok! Nunca seremos relevantes para o mundo, mas alienados e enclausurados são características antibíblicas para o “ser a Igreja do Senhor Jesus”.
Assim, tive um momento de desvaneio (rsrs), e surgiu a reflexão em anexo.
Leia, aproveite e use!
A MANIFESTAÇÃO DA GRAÇA EM NÓS – Clique aqui para baixar!

Como podemos desinstitucionalizar ?

GRUPOM – Lucas e o Rei dos Excluídos!

Lucas – clique aqui para o download!

Tomara que todos tenham lido e se divertido com Lucas.
Apesar de termos invertido a leitura e começado por Atos, creio que muita coisa ficou mais clara, e principalmente os testemunhos dos atos da Igreja Primitiva, foram melhor embasados com a visão do Evangelho de Lucas.
Se você não leu nenhuma vez o Ev.de Lucas, faça isso já e com este guia em mãos, tenho certeza que muitas coisas serão esclarecidas. Mas o principal de tudo isso é aprendermos a ouvir a voz do Senhor, e clamarmos transformação do Espírito Santo em nós para praticarmos e vivenciarmos os ensinamentos de Cristo.
Quem sabe efetivamente teremos o Reino agindo através das Igrejas e dos homens que nelas estão. E assim cumprimos com a nossa missão de Agentes do Reino.

POLÍTICA e REINO combinam?