Arquivos Mensais: fevereiro 2012

Você acha que o Carnaval é apenas uma festa ou uma catarse?

Obs.Catarse = purificação; liberação de pensamentos, idéias, etc, que estavam reprimidos no inconsciente, seguindo-se alívio emocional

GRUPOM – A Igreja que Queríamos!

ATOS – Clique aqui para baixar o arquivo.

Todas as vezes que leio Atos, pergunto: por que não sou assim?
Na verdade reconheço na Igreja que não é apenas uma mudança pessoal, individual, que mudará o todo de uma comunidade. Mas então como é que pode a Comunidade agir e viver tão alienada da ação do Espírito? Não estou falando da onda ou contemporaneidade Pentecostal, estou falando de uma dependência real do Espírito.
Essa dependência é que leva a comunidade (toda ou através de um indivíduo) testemunhar ou então viver em favor do Evangelho. A consequência? É que o Espírito Santo promoverá a oportunidade da proclamação ou então do discipulado, do ensino sobre a novidade de vida em Cristo. Infelizmente, isso gera uma manifestação contrária em meio ao mundo, o que chamamos de perseguição. Talvez não será tão truculenta quanto a que conhecemos do primeiro século, ou ainda a que ocorre nos países orientais. Talvez ela seja tão sutil, que não vemos acontecer a olho nu. Mas ela está ao seu lado, pode crer.
Diante disso deveria na dependência do Espírito o povo ouvir a Deus, através de sua Palavra, e então respondê-Lo em Oração. Mas não isolados, escondidos, etc. E sim no meio da Comunidade, partindo as necessidades e a comunhão.
Mas fazer isso mecanicamente ou por pura razão, não é o caminho. Mas deveria acontecer por uma força, um sentimento que queima por dentro, onde o perseguido ou não, sente quando está junto com os demais da Comunidade.
Esta é a Igreja que deveríamos desejar viver. Esta é a Igreja que queríamos!
Leia Lucas quantas vezes puder, até o dia 14 de Abril de 2012, e venha participar do próximo GRUPOM, às 16h na IPSBO.

O dom do Dom!

Dom Robinson Cavalcanti

Robinson_Cavalcanti

Um momento triste! Não fomos criados para morrer, mas para viver eternamente. Por isso esse sentimento, um tanto misterioso, ronda o coração do homem diante da morte.
É um misto de medo, de ansiedade, de saudades, de lembranças e o pior deles: de esquecimento.
Talvez soframos ainda mais, ao pensar que o vazio deixado pela pessoa que morreu, não seja preenchido, mas seja esquecido. Uma coisa eu garanto: quem realmente entendeu o Reino e a sua Missão Integral não poderá se esquecer de Dom Robinson Cavalcanti.
Possivelmente você está perguntando: o que esse papo tem a ver com o Espaço Jovem Aberto e os jovens que aqui passeiam?
Só posso dizer que o maior dom do Dom, foi através de suas palestras, seus periódicos e seus livros, me influenciar! E assim, muito do que tenho vivido e dividido com os que comigo caminham, é fruto desse passeio com o Dom. Engajamento e Viver o Reino em todas as partes do seu dia-a-dia, foi uma das coisas que mais aprendi com o Dom. Creio que este seja o dom do Dom.
Soli Deo Glória!

OBS: Só para aumentar nossa tristeza, e registrar a Grande perda da Igreja Protestante Brasileira. Nossa oração de Louvor a Deus pela vida do Dr.Milton Schwantes e nossas condolências à família e à Igreja Protestante Brasileira!

Milton_Schwantes

Sola Gratia!

A Primeira Impressão é a que sempre fica!

Sabe que eu nunca levei tão a sério esse chavão, mas infelizmente tenho vivenciado isso de perto.
Você chega em algum lugar, é mau recepcionado, encontra o local desorganizado, gente que não sabe o que e nem como as coisas funcionarão! Então, qual é a sua impressão?
Mas parece que ao decorrer do compromisso as coisas melhoram. Nem tudo está tão desarrumado. Nem todas as pessoas não sabem o itinerário. Mas na primeira mancada, qual é a sua conclusão?
Creio que seja assim com nosso testemunho e prática cristã. As pessoas estão nos provando todo o tempo. Assim que elas nos são apresentadas, nos avaliam, testam e provam para extrair o máximo de impressões. Mas e aí? Como fica?
Por isso cuidado. Se realmente você vive e respira o Reino há marcas que devem perseguí-lo: excelência, objetivos, integridade, pagar o preço e sinceridade.
Pois lembre-se que a Primeira Impressão, traz a segunda, a terceira, etc. Mas ela é a que sempre fica.

A Voz do Poeta!

Qual realmente é o peso e a responsabilidade da voz do cristão?
A Palavra diz que será por ela, intermediada pelo Espírito Santo de Deus, que outros conhecerão a Vida Eterna; e ainda, que os anjos gostariam de ter essa responsabilidade. Mas aprouve a Deus presentear a principal obra das suas mãos com essa Graça: ser a voz da Salvação!
Agora isso vai além de apenas apelos ao final das pregações ou panfletos ao final da agenda das igrejas. Somos os que abençoados pela visão do reino, podemos levar justiça, denunciar a injustiça, cuidar dos necessitados, nos alegrar com os agraciados, etc; sem a pressão da barganha, do retorno!
E creio que isso aconteça em nosso dia-a-dia.
Quando levamos nossos filhos para escola, quando pegamos o busão para o trabalho, quando jogamos uma peladinha no final de semana. Pois afinal, ainda nesses momentos somos a Voz da Salvação naquele local, e o Espírito Santo de Deus conosco está!
No dia 10 de Março de 2012, teremos um convidado especial, o músico João Alexandre; que tem feito de sua voz, do seu dom e de sua musicalidade; essa voz.
Venha conosco participar e construir esse momento, além de fortalecer a Voz da Salvação neste lugar!

Preconceito? Não! Mas por favor, não banalizem mais esta palavra…

Agora chegou o Carnaval! Tititi to tu!!! Grita cuíca!!!
Mas junto com o Carnaval, vem a onda que o Brasil (pode até ser o Mundo) está passando: todo mundo é coitadinho!
Todos precisam de defesa. Os outros são maus! Já dizia a antropologia: o homem é mau.
Com essa onda, a palavra PRECONCEITO está perdendo a sua força. Ela está se tornando um comportamento comum. Até quem não tem preconceito, pela opção de não desejar ser alguma coisa, é taxado de culpado, fóbico, etc. É muito pobre isso.
Eu creio que os homossexuais devem mesmo lutar pelo respeito. Afinal qualquer tipo de violência deve ser repreendida, evitada e transformada em um esforço pela paz. Mas o esforço fica à merce dos meios de comunicação e uma onda de “defesa” do comportamento.
Acontece que perdemos muito como humanidade ao aceitarmos o Relativismo como uma manifestação sócio-política-cultural.
Agora todo mundo tem razão, e a sua luta é transformada em uma tremenda fuga de suas responsabilidades. Engajamento é um sinônimo de “defesa de seus próprios interesses”, e não a luta por um bem estar comum à sociedade.
Aqui, os engajados, se esquecem que todas as suas atitudes ponderadas por suas escolhas, resultam em consequências poderosas. Talvez na cabeça de muitos, tais consequências sejam apenas pessoais. Mas “fica a dica” (como um amigo coloca no Facebook): são consequências que tocarão sim a sociedade.
Elas tocam famílias, vizinhos, bairros, cidades, etc. E como podemos imaginar que nossas escolhas trazem somente consequências para nós? É muito egoísmo.
Quero então fazer meu voto: PRECONCEITO NÃO! Mas quero completar a luta contra o preconceito, estendendo o apelo a outros que sofrem como os negros, os chineses, os gordos, os anões, os pastores, os macumbeiros, os deficientes físicos e mentais, os pobres, os nerds, os hansenianos, os funcionários públicos, os evangélicos, os moradores das favelas, os soro-positivos, etc.
Ah! Vai me dizer que você se encaixa em um desses grupos e já sentiu, mesmo que um pouquinho, o peso da palavra preconceito?
Então, Preconceito? Não! Mas por favor, não banalizem ainda mais esta palavra.

Carona com Farofa… e muita farofa!!!


Olha só!
Não é que sempre nos surpreendemos com esses momentos?
Igreja é COMUNIDADE. E não esse negócio de sair de casa emperiquitado, para sentar e ouvir um sermão que alimente o seu ego e depois sair com a “galera” encher o pandu!
A já passamos dessa fase! Chega!
Igreja é sentar com os que tem Cristo em comum, sermos confrontados conosco, isto é, com aquilo que realmente somos e não com o que dizemos ser. Ouvir o que Deus tem para mexer conosco, perceber a presença dEle em nosso meio, mesmo não merecendo, louvá-lo por isso, e ainda compartilharmos além do pão. Compartilharmos a vida, a visão, o Reino, o amor, etc…
Fico mais uma vez com o Preto. Quero ser instrumento de Deus na vida dos que me cercam para lhes “fortalecer a confiança em Deus” (1Samuel 23.16).
Deus nos abençoe!

Você já sentiu que “tudo desabou” ao seu redor? Como foi?

Carta ao Amigo Tiago Vianna: Minhas Impressões

A Graça da Adoração
Cara! Como é bom ver alguém que você considera, que você gosta, despontando, evoluindo!
É claro que sou suspeitíssimo para falar do Músico e Compositor Tiago Vianna. Ele não é somente um cara para nós do EJA, ele tem nos ajudado a construir este lugar (não é a toa que tem um link dele em nosso site).
Há alguns dias atrás, no final de 2011, fui tomar um café com ele, quando me presenteou com o seu mais novo CD. Que alegria! Mas o melhor não estava naquele manufaturado, mas sim no que vi e ouvi das parcerias interpretadas e das canções cantadas.
Um disco envolvente, que trouxe-me à reflexão temas importantes para o que sou. Por exemplo: Justiça Social, Espiritualidade, Desejos, a constante ação transformadora do Espírito (IN)VENTANDO dentro do coração, o Amor, a Humildade, a Paixão e a modelação do caráter do homem que encontrou uma razão verdadeira para viver.
Além das imagens que vi ao ouvir as canções: memórias da minha infância, uma linda mulher que sai em busca de quem ela é com a maquiagem borrada, um vídeo caseiro de imagens do dia-a-dia de um casal feliz em super 8, a nova criação, a solidão dizimada pela consciência da presença poderosa de Deus Pai. Uma bala perdida que tem destino sim, que está além das nossas vistas. Mas Deus sabe onde ela vai.
Sem contar que tudo isso está presente nas 11 canções do CD, sem aquela monotonia que a maioria das obras desse tipo caem. Tiago Vianna é um artista moderno, diria ‘plugado’, reformado, que domina o lugar com a sua obra e com o dom que Deus lhe deu.
Não sou crítico de música, nem me proponho a isso. Mas daquilo que gostamos e que faz beem, é melhor anunciar a todos quanto for possível.
Assim não somente recomendo, como ouço e até mesmo facilito pra você! Em nosso site você ouve e pode conhecer mais deste artista, irmão, véi!!!

GRUPOM – Gerando o Reino e a União Pela Oração e Meditação

Efésios -clique e baixe o arquivo!

Na verdade, quando Deus mexeu conosco sobre como trabalhar com o Espaço Jovem Aberto, sabíamos desde o início que a Bíblia precisa ser o centro do coração da galera. Mas somente depois de três anos é que isso foi despertado neles, onde três horas de discussão sobre uma carta de Paulo à uma Igreja em Éfeso, ainda fomentou maior desejo.
Agora, o que uma exortação e a descrição prática do “despir” do “velho homem” e do “renovar” a “mente” para então, “revestir-se” da armadura do “novo homem”, pode direcionar o coração da galera para a leitura de Atos dos Apóstolos?
Bom, neste canal poderemos até sanar algumas dúvidas sobre Efésios, mas sobre a questão acima deixa a brecha:
DESPIR, RENOVAR E REVESTIR É A CONSEQUÊNCIA DA AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS NO CORAÇÃO DO HOMEM. ENTÃO NADA MAIS JUSTO DO QUE MERGULHAR NA DESCRIÇÃO LITERÁRIA BÍBLICA, SOBRE QUAIS DEVEM SER AS MARCAS DE UMA COMUNIDADE, QUE SE AJUNTA POR CONSEQUÊNCIA DA AÇÃO DO ESPÍRITO DE DEUS.